www.mamboteam.com
::. Escola EB 2 e 3 Arqueólogo Mário Cardoso .::
16-Set-2014
Inicio seta Escola seta O Patrono  
 
::. Menu Principal
::. Tempo no Distrito
  • Braga
    Céu nublado
    Braga - 20°C
    Céu nublado
::. Utilidades
Vista de Satélite
Blogosfera
Última Hora - Imprensa
Links - Úteis
Downloads
Recursos - DREN
Advertisement
O Patrono PDF Imprimir e-mail
16-Fev-2007

ImageArqueólogo Mário Cardoso 

     O agrupamento de escolas e a EB 2, 3 de S. João de Ponte têm, desde o dia 9 de Fevereiro de 2007, uma nova designação. Chamam-se agora Agrupamento de Escolas Arqueólogo Mário Cardoso e Escola EB 2, 3 Arqueólogo Mário Cardoso.

 

    Natural de Guimarães, Mário Cardoso (1889-1983) seguiu a vida militar, participou nas campanhas de Angola e Moçambique na I Grande Guerra, tendo sido agraciado com a Ordem Militar de Avis (1925). Mais, evidenciou-se pelos seus estudos científicos nas áreas da arqueologia, da história e da etnografia vimaranense. Enquanto presidente da Sociedade Martins Sarmento, durante 40 anos, com breves interrupções, foi o prossecutor dos trabalhos arqueológicos de Francisco Martins Sarmento na Citânia de Briteiros e no Castro de Sabroso. Engrandeceu a biblioteca e o museu da instituição, ampliou e modernizou as suas instalações, publicou entre uma vasta obra original, catálogos do Museu Martins Sarmento e uma monografia sobre as duas estações arqueológicas, várias vezes reeditada.

    Foi director da prestigiada e centenária revista científica Revista de Guimarães em 1926 e de 1965 a 1972. As relações pessoais com arqueólogos de renome internacional como Garcia y Bellio, Blanco Freijeiro, Alberto Balil, Chistopher Hawkes, H. N. Savory, Beatrice Blance e Jean Arnal proporcionaram a colaboração desses eminentes investigadores na Revista de Guimarães. Da sua obra bibliográfica constam cerca de 400 trabalhos publicados em livro ou dispersos por revistas científicas nacionais e internacionais. Responsável por mais de 30 campanhas de escavações, dos trabalhos arqueológicos de Francisco Martins Sarmento, na Citânia de Briteiros e no Castro de Sabroso localizadas a poucos quilómetros deste Agrupamento Vertical de Escolas.



  

 

 
 
Topo! Topo!